Igreja e ADRA Brasil recebem menção honrosa por auxílio durante enchentes em São Borja

Pastor responsável pelas igrejas adventistas da cidade garantiu que trabalho de visitação às famílias desabrigadas continua.

aad

Ontem a tarde (03), durante sessão da Câmara Municipal de Vereadores de São Borja, a Igreja Adventista do Sétimo Dia da cidade recebeu uma menção honrosa pelos serviços voluntários prestados durante e após as enchentes em virtude das cheias do rio Uruguai. O auxílio da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA Brasil), por meio de sua unidade móvel e voluntários, foi reconhecido pelas autoridades.

De acordo com o vereador Élvio Feltrin, a atitude da igreja, que ofereceu milhares de refeições e ainda trabalhou na lavagem e secagem de roupas, deve ser enaltecida pelo caráter voluntário e solidário, em um momento de perda e desconforto para quem teve casas atingidas.

aa1Já o pastor João Pallú, responsável pelas igrejas adventistas da cidade, agradeceu a homenagem e garantiu que a atuação na comunidade prossegue. “Nosso trabalho não começou apenas agora e também não se encerrou. Nós continuamos com a visitação a essas famílias e, de alguma maneira, seguindo com a assistência prestada a elas. Não foi um trabalho apenas da Igreja Adventista, mas também de toda a comunidade de São Borja”, discorre. A ocasião foi noticiada pelo site da câmara e pode ser lida, clicando AQUI.

O prefeito da caaidade, Eduardo Bonotto, já havia ressaltado durante uma entrevista a RBS TV Uruguaiana, uma das afiliadas da TV Globo no Rio Grande do Sul, o benefício das ações realizadas por voluntários da ADRA Brasil junto à unidade móvel. “É um trabalho fundamental nesse momento de dificuldade, servindo até 5 mil refeições diárias, lavando até 200 quilos e secando, e isso é um trabalho importante e, o nosso agradecimento a ADRA, a todo esse trabalho que a Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Sul também vem fazendo para ajudar as comunidades afetadas pela enchente do Rio Uruguai”, declarou. [Equipe ASN, Willian Vieira, com informações e fotos de Ana Possobon e Paula Oliveira]