Iniciativa oferece emissão de documentos e atendimento médico em Belém

Fruto de parcerias, ação beneficiou cerca de 900 pessoas que vivem em bairro carente da capital paraense

ads

Uma ação comunitária realizada em Belém do Pará ofereceu à população serviços de saúde básica, exames médicos e emissão de documentos, como Certidão de Nascimento, Registro Geral e Carteira de Trabalho. A iniciativa, realizada no dia 2 de julho, foi resultado de uma parceria entre o Ministério Público do Trabalho, Tribunal de Justiça do Estado do Pará, Federação dos Empreendedores Adventistas do Pará e a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA).

De acordo com Vanderlei Oliveira, juiz da Terceira Vara da Infância e Juventude de Belém e idealizador do evento, foram oferecidos serviços de saúde preventiva, como orientações sobre os oito remédios naturais, bem como atendimentos médicos na área de cardiologia, pediatria, odontologia e clínica geral. Quem passou por lá também pode fazer exames de eletrocardiograma e ultrassonografia. No entanto, o magistrado explica que a grande procura foi pelos serviços documentais oferecidos.

Entre os serviços médicos básicos, as gestantes puderam fazer o exame de ultrassonografia. Adriana Maia tem 22 anos e espera seu terceiro filho. Durante a ação comunitária, pode ver o seu bebê pela segunda vez durante os oito meses de seu pré-natal, além de tirar sua primeira Carteira de Trabalho. Para ela, ter esse serviço oferecido próximo de casa fez toda a diferença. “Achei muito bom porque hoje em dia a gente tem que enfrentar muitas filas, acordar cedo para tirar a Carteira de Trabalho. Achei muito bom”, ressalta a dona de casa, uma das cerca de 900 pessoas

Crianças receberam aplicação de fluor gratuitamente (Foto: Anne Seixas)

Crianças receberam aplicação de fluor gratuitamente (Foto: Anne Seixas)

beneficiadas ao longo do dia.

Para o pastor Adriano Aureliano, diretor da ADRA no Estado do Pará, abrir o espaço para a vizinhança vai aproximar e favorecer o entorno do bairro do Una. “Hoje é um abrir de portas para a comunidade e nós estamos muito satisfeitos com o resultado que estamos tendo nesse dia”, pontua Aureliano após o primeiro evento comunitário do projeto. [Equipe ASN, Anne Seixas]