ADRA leva cestas básicas para famílias de comunidade atendida por projeto infantil

 em Bahia, Tipo de Notícia

Mãe de três filhos atendidos pelo projeto infantil da ADRA, a diarista Eliete Nascimento foi uma das primeiras a receber a cesta básica.

Famílias de crianças e adolescentes atendidos pelo Centro de Incentivo ao Desenvolvimento Infantil (Projeto Cidinho), mantido pela ADRA (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) em Salvador, BA, estão recebendo cestas básicas com alimentos e produtos de higiene, doadas pela agência humanitária adventista, como apoio de subsistência diante do período de isolamento social necessário ao enfrentamento do coronavírus.

As famílias moram no bairro do São Cristóvão, próximas ao local onde a ADRA atende crianças e adolescentes com atividades sociais e educacionais. No momento, o projeto está fechado e as atividades suspensas. Já as famílias, em sua maioria compostas de trabalhadores da economia informal ou autônomos, estão sem fonte de renda diante do regime de quarentena. Foi esta a motivação da ADRA para elaborar um plano de doação de cestas básicas. Nesse primeiro momento, 50 famílias devem ser assistidas.

Uma das famílias beneficiadas foi a do caseiro Silvio Cruz, casado com a diarista Eliete Nascimento. Eles têm três filhos atendidos pelo Projeto Cidinho. Sem conseguir renda desde os decretos governamentais de distanciamento social, eles receberam em casa a visita de voluntários da ADRA com a cesta básica de alimentos.

Nesse primeiro momento, a ADRA vai atender 50 famílias com a doação de cestas básicas. Agência adventista espera apoio de doadores para ampliar alcance da iniciativa.

“É uma ajuda muito importante nesse momento de crise, nós dois vivemos de renda informal, veio em ótima hora”, disse Eliete. A entrega da cesta foi realizada pela assistente administrativa do Projeto Cidinho, Agileuza Santana, que comentou: “É muito bom ajudar as pessoas que mais precisam, e ver a alegria do próximo com algo tão simples.”

Conheça o Projeto Cidinho

O Centro de Incentivo ao Desenvolvimento Infantil  teve seu inicio em 2007. Bastante conhecido como Projeto Cidinho, o centro atende 103 crianças e adolescentes, de 6 a 17 anos, de famílias economicamente vulneráveis do Bairro de São Cristóvão, em Salvador.

O projeto estimula crianças e adolescentes a uma rotina de aprendizagem, oferecendo reforço de alfabetização, além de aulas de musicalização instrumental, artesanato, cursos profissionalizantes para adolescentes e programas de inclusão digital.

Além disso, a partir de uma ação de atendimento com assistente social, os participantes têm uma rotina de atividades esportivas e de palestras sobre higiene bucal e prevenção das drogas. As crianças recebem ainda aplicação gratuita de flúor. Algumas vezes, o projeto se depara com crianças que foram vítimas de abusos e que são então encaminhadas pelo projeto para tratamento psicológico. Os familiares das crianças e adolescentes participantes são também atendidos pelas assistentes sociais do projeto.

O projeto Cidinho se mantém através de doações de pessoas físicas e através do trabalho de profissionais voluntários, tais como psicólogos, assistentes sociais, fonoaudióloga e pedagoga.

Para conhecer mais sobre o projeto, acesse a página no site da ADRA. Você pode também fazer uma doação, por meio desse link.

Postagens Recomendadas