Encontro dos Trabalhadores da Gerência de Atenção às Famílias é realizado em Vitória

 em Espírito Santo, Notícias, Notícias - ES, Tipo de Notícia, Uncategorized

Nesta semana, os colaboradores da ADRA que fazem parte do serviço da Proteção Básica da Assistência Social do município de Vitória, no Espírito Santo, receberam um treinamento da equipe que realiza a gestão e coordenação dos serviços da Gerência de Atenção à Família (GAF).

O encontro aconteceu nos dias 19 e 20 de agosto, com o objetivo de orientar toda a equipe de colaboradores dos serviços, que são cerca de 166 funcionários e colaboradores diretos e indiretos que atuam nos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS, Unidade de Inclusão Produtiva (UIP), Coordenação de Transferência de Renda e Benefícios (CTRB) e GAF, sendo pertencentes ao termo 121/2019 que a ADRA e o município coordenam em parceria desde 2006.

“Essa parceria com a ADRA na operacionalização dos nossos serviços é extremamente importante. As unidades da proteção social básica, que são os CRAS, também são um setor de grande relevância para que nós consigamos garantir acesso às famílias aos programas sociais, como é o CTRB. A gente acredita muito nessa parceria e na seriedade da ADRA para que a gente consiga melhorar a qualidade de vida dos moradores de Vitória, e que eles consigam ter uma transformação social real, e o mais importante, com o compromisso do Estado e da política em garantir essa transformação”, declara a Subsecretária de Assistência Social do município, Graziella Almeida.

Este encontro é realizado em todo início de aditivo ou renovação de Termo de Colaboração, e neste ano, em decorrência da pandemia da Covid-19, foi dividido em três grupos com o objetivo de comportar os trabalhadores por função evitando a aglomeração. Realizado na Casa do Cidadão, em Vitória, a parte da manhã do primeiro dia foi separado para receber os Coordenadores Locais, Psicólogos e Assistentes Sociais. Já na parte da tarde, a reunião ocorreu para os Assessores Técnicos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), Assessores Técnicos da UIP e CTRB. No último dia, os Educadores Sociais, Auxiliares Administrativos, Auxiliares de Limpeza e Cozinheiros foram os colaboradores que fecharam o encontro recebendo as orientações de preparação para o novo aditivo.

“A importância da reunião de equipe é de nos aproximarmos, de estarmos mais unidos, para evidenciarmos, de fato, que somos uma só equipe e que cada um é importante. É ouvir, é estar próximo, e isso qualifica o trabalho cada vez mais. Embora nós nunca tivemos fechado as portas, o serviço teve que mudar um pouco a dinâmica. Mas agora a gente vai estar retomando e isso é muito importante. A expectativa é que o serviço esteja cada vez mais de portas abertas para que as pessoas possam estar sendo atendidas nas suas demandas ou que pelo menos sejam orientadas a buscarem o serviço correto”, afirma Cremilda Astorga, Gerente de Atenção à Família.

Foram apresentados relatórios do último ano, os quais mostraram mais de 19 mil famílias que foram inseridas no território. Com isso, foram registradas mais 84 mil famílias cadastradas no território através das 12 unidades do CRAS. A UIP registrou 2.605 participações em atendimentos coletivos, com mais de 200 pessoas sendo acompanhadas, 158 certificações de conclusão de cursos, e mais de 330 pessoas atendidas beneficiárias pelo programa Bolsa Família. O CTRB efetuou mais de 2.200 atendimentos particularizados, realizou visitas técnicas em 54 equipamentos, e mostrou que a quantidade de munícipes cadastrados na base do Governo Federal somam a quantidade de 36.300 pessoas, destas, 18.495 estão em extrema pobreza (renda per capta até R$89,00), e cerca de 2.300 foram atualizadas ou incluídas no último relatório. O CTRB também registrou que 13.146 famílias estão sendo beneficiadas pelo Programa Bolsa Família.

O Projovem, que é um projeto realizado dentro dos CRAS, mesmo durante a pandemia somou o número de 26 coletivos, ocorrendo mais de 1.500 atendimentos coletivos e 68 oficinas para cerca de 780 adolescentes e jovens. A equipe da GAF também realizou rodas de conversas com a equipe com temas relacionados a eixos temáticos a serem trabalhados com os adolescentes, e também acompanharam a execução do serviço, especialmente por meio de participação sistemática nas atividades de planejamento e assessoria aos outros assessores e educadores sociais. Além de todo o relatório de dados e metas alcançadas, foi apresentado a importância da conquista de um profissional na área da nutrição para acompanhar a alimentação e o trabalho com as cozinheiras e também nas orientações de higiene e boas práticas, além de todo o trabalho que é realizado nos equipamentos, como por exemplo, nas ações de educação alimentar e nutricional, e nas oficinas de Boas Práticas que são realizadas nos cursos nas áreas de alimentos da UIP.

O objetivo principal da reunião foi a estimulação dos colaboradores  para a realização dos serviços e a retomada das atividades que eram efetuadas antes da pandemia para aumentar o alcance à comunidade de Vitória, como explica, Cremilda Astorga: “Quero que os trabalhadores saiam daqui com o sentimento de que existe esperança, existem novas possibilidades, e que a gestão está aberta para ouvir essas novas possibilidades, porque estamos aqui para construir de fato um SUAS (Sistema Único de Assistência Social) forte no município de Vitória. Os planos são de retomada, mas principalmente com segurança, com distanciamento e seguindo os protocolos. Com a vacinação avançando, as famílias vão poder ter mais segurança para estarem buscando esses serviços que a gente percebe que muitas deixaram de ir por conta da insegurança, e a expectativa é nós retomarmos com força total todas as atividades. ”, finaliza.

Postagens Recomendadas