Evento social é realizado para juventude em projeto do ES

 em Espírito Santo, Notícias, Notícias - ES, Tipo de Notícia, Uncategorized

A “SOCI” ocorreu nos dias 24 e 25 de novembro, para contemplar os adolescentes que fazem parte do projeto ProJovem no município de Vitória.

Na semana passada, os servidores que atuam no serviço do ProJovem, realizaram a “SOCI”, um evento que reúne cerca de 300 adolescentes que fazem parte dos 26 coletivos do ProJovem da capital capixaba, com o objetivo de fortalecer os vínculos entre diversos territórios que estão representados pelos jovens, além de interação e confraternização que é ofertado durante os momentos que são preparados com muita dedicação pelos colaboradores que atuam nos serviços dos Centros de Referência da Assistência Social – CRAS.

Esta festa, a qual não ocorreu no ano passado devido à pandemia da COVID-19, para que este ano ocorresse de forma segura, foi dividida em 4 grupos em dois períodos nas partes das manhãs e tardes dos dias 24 e 25 de novembro no CRAS Centro, seguindo as restrições de distanciamento social com os adolescentes e funcionários do serviço.

Para dar início ao períodos de festividades, o evento contou com a presença da Secretária de Assistência Social do município de Vitória, Cyntia Silva Schultz, a qual relatou a importância quedo trabalho com os jovens e da importância que o Serviço de Convivência tem realizado para a comunidade capixaba: “A gente acredita muito no trabalho de juventudes com o trabalho de convivência e fortalecimento de vínculos, dentro da política de assistência social, através dos CRAS. A juventude é um período da vida em que esse suporte é muito importante neste processo de formação da identidade do jovem. Os espaços buscam obviamente o fortalecimento de vínculos, mas também uma potencialidade dos dons que estes jovens com certeza tem”, descreve Schultz.

Os dias contaram com apresentações culturais feitas pelos próprios adolescentes, sorteios de brindes, além da participação da bateria da escola de samba “Chegou quem faltava” e do Grupo de percussão “Charanga” do Cajun Vitória para animarem a festa que foi preparada durante todo o ano.

“Nós planejamos a SOCI durante todo o ano. Quando chegou em junho nós fizemos uma reunião para decidirmos se realizaríamos mesmo o evento ou não, mas decidimos então dividir em quatro grupos, mesmo sendo mais cansativo. Mas vendo agora como eles estão gostando é muito gratificante”, relata Gleison Angelo, Assessor Técnico do ProJovem.

Além da confraternização, o objetivo do evento também é realizado para aproximação dos jovens e das comunidades que eles representam, como explica a Gerente de Atenção à Família, Cremilda Astorga: “A importância desse evento é a integração, a gente tem territórios onde acontecem muitos conflitos aqui em Vitória, como tem em todo lugar, e a SOCI nos possibilita um local neutro onde todos os jovens de todos os territórios se confraternizam e estão juntos se interagindo, e isso reforça a importância do trabalho que é desenvolvido ao longo do ano pelos coletivos, que é o trabalho de fortalecimento de vínculos comunitário e familiar. Isso só vem a evidenciar a importância desse trabalho que realizaram”, descreve Astorga.

Yasmin Miranda, de 15 anos, iniciou este ano no ProJovem, no coletivo de São Pedro II, e já pôde sentir a diferença que o programa tem trazido para a sua futura vida profissional: “O ProJovem está significando pra mim aprendizado, porque aqui eles ensinam muita coisa e é uma forma da gente crescer na vida. E eu acho que vão me ajudar muito daqui pra frente se eu quiser arrumar um emprego, pois o ProJovem ensina muito isso pra gente, em como falar, como se comportar em uma entrevista de emprego. E estar aqui na SOCI comemorando no final do ano é muito legal”, declara a adolescente do ProJovem.

Para animar os dias de comemoração, durante os quatro períodos da festa foram servidos aos adolescentes: mini pizza, salgado assado, torta salgada, bolo decorado com o tema da festa, algodão doce, cachorro quente, refrigerante e suco.

“Os participantes da SOCI 2021 ficaram radiantes e esbanjaram felicidade com todo o evento. Nosso trabalho é priorizar a qualidade de vida, que deve ser alinhada à elevação da autoestima desses adolescentes, pois são elementos essenciais para o fortalecimento de vínculos”, explica a Assessora Técnica da Gerência, Debora Freire Vieira.

O Projeto ProJovem Adolescente funciona como um serviço de convivência para adolescentes e jovens de 15 a 17 anos e tem por objetivo o fortalecimento de vínculos familiares e relacionais, o retorno à escola e sua permanência no sistema de ensino. Isso é feito por meio do desenvolvimento de atividades que estimulem a convivência social, a participação cidadão e uma formação geral para o mundo do trabalho. Este projeto é oferecido nos CRAS, que é realizado por meio de uma gestão compartilhada entre ADRA e Prefeitura Municipal de Vitória desde 2006.

Postagens Recentes