Brinquedoteca é inaugurada para crianças venezuelanas

 em Amazonas

Equipe da ADRA desenvolve projeto para atender crianças venezuelanas em abrigo da capital Amazonense.

Psicologa Sara Zahn, responsável pelo projeto da brinquedoteca. Foto: Bárbara Katherinne/ADRA

O mês das crianças chegou e a ADRA elaborou um projeto para atender as necessidades de 63 crianças venezuelanas. Elas se encontram abrigadas no Serviço de Acolhimento Institucional para Indivíduos e Famílias (Saiaf), no bairro do Coroado, em Manaus. A ideia era implementar uma brinquedoteca na intenção de oferecer um espaço pedagógico e amigável para elas.

O espaço foi cedido pela administração do abrigo, considerando a importância da proposta para a realidade das crianças abrigadas. A coordenadora do Saiaf, Darci Ramos Amorim, salienta que no abrigo existe muito sofrimento e reafirma a relevância de projetos como esse: “ter um momento e um espaço aconchegante para brincar é para as crianças uma grande alegria. É como sair de um mundo cinza para um mundo colorido. Aliado a isso, ganhar brinquedo, ter um alimento diferente do Abrigo é um verdadeiro “regalo” (presente), para eles e seus pais. ” Destaca Darci.

Espaço inaugurado no dia 26 de setembro. Foto: Bárbara Katherinne/ADRA

Para a estrutura do novo ambiente a ADRA contou com a parceira do Instituto Mana. Foram doados livros, mesinhas, prateleira e itens pedagógicos para a brinquedoteca. O Espaço foi inaugurado na quinta-feira, 26 de setembro. Com a presença de alunos e professores da Escola Estadual Carvalho Leal.

Convidados para ajudar no projeto por meio de doações, a Pedagoga da escola, Michelle Pacheco, revela que os alunos se envolveram em uma gincana de arrecadação “A gincana foi realizada pela professora de Artes, Lene, que comprou a ideia. Ela já realizava a brincadeira todos os anos com objetivo pedagógico. Dessa vez, o fez de forma pedagógica e solidária.” As crianças da escola estiveram no local para ajudar na inauguração e entregar os brinquedos e alimentos arrecadados para as crianças.

Alunos da Escola Estadual Carvalho Leal entregam alimentos arrecadados para abrigo. Foto: Bárbara Katherinne/Adra

Com todo esse apoio resultado não poderia ter sido melhor! Os pequenos aguardaram a inauguração com sorrisos de ansiedade e euforia. Foram recebidos com bolo, salgadinhos e muito amor dos voluntários e alunos envolvidos. Uma verdadeira festa!

A psicóloga Sara Zahn, responsável pelo projeto garante que a ADRA continuará atuando na construção desse ambiente: “Por meio da ação de voluntários a ADRA oferecerá atividades lúdicas, contação de histórias, oficinas de confecção de brinquedos, grupos terapêuticos infantis, tudo com o propósito de oferecer um espaço terapêutico seguro para essas crianças ”, completa Sara.

Voluntários e alunos distribuíram brinquedos, alimentos e carinho durante inauguração. Foto: Bárbara Katherinne/ADRA

 

 

Postagens Recomendadas