Nova sede da ADRA é inaugurada em região central de Manaus

 em Amazonas

Cerimônia inaugural contou com a presença de líderes da IASD e equipes da ADRA

A nova sede administrativa da ADRA (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) foi inaugurada no dia 31 de outubro. Com a presença de voluntários e líderes da Igreja Adventista, a cerimônia contou com uma visita ao prédio e testemunhos marcantes de pessoas que tiveram suas vidas impactadas pelo trabalho da ADRA no estado do Amazonas.

 

Líderes da ADRA e IASD comapreceram à cerimônia de inauguração. Foto: Fernando Borges/ADRA

 

A sede surgiu pela necessidade de uma maior proximidade entre os projetos e a parte administrativa da ADRA, já que a antiga sede ficava muito distante do centro de Manaus, por conta da necessidade de estar perto do rio, onde os barcos Luzeiros poderiam ficar estacionados. “Hoje é um dia histórico para a ADRA no Amazonas, pois estamos inaugurando uma sede onde poderemos gerenciar todos os nossos projetos que alcançam as pessoas necessitadas aqui na cidade de Manaus”, afirmou Daniel Lessa, diretor da ADRA para o estado do Amazonas. No ano de 2019, a ADRA, que até então focava seus projetos e ações em comunidades ribeirinhas e indígenas, trabalhando com os barcos missionários Luzeiros e também com uma escola no interior, passou também a atuar na cidade de Manaus para atender à crise migratória de venezuelanos que chegam em grande quantidade à capital amazonense.

 

Rosimélia, coordenadora do projeto SWAN, compartilha suas experiências servindo como voluntária na ADRA . Foto: Fernando Borges/ADRA

 

Hoje, além das Luzeiros e da Escola Técnica Adventista do Massauari (ETAM), a ADRA conta também com o Centro de Apoio e Referência a Refugiados e Migrantes (CARE) e do SWAN, ambos com uma forte atuação com o objetivo de mitigar o impacto social causado pelo fluxo de imigrantes, auxiliando essas pessoas por meio de diversas ações que vão desde o pedido de refúgio ao emprego formal. O projeto CARE funciona dentro do Núcleo de Desenvolvimento da ADRA e o SWAN passa a funcionar dentro da nova sede, que acaba de ser inaugurada. Esses projetos contam com parceiros como ACNUR, que é a agência para refugiados da ONU e da OFDA/USAID, pertencente ao governo dos Estados Unidos. Para o pastor Fábio Salles, diretor nacional da ADRA Brasil, ter uma sede no centro da cidade de Manaus “é uma conquista, para que a gente possa atender nossos projetos. Acreditamos que poderemos aqui também ampliar nossas parcerias”.

 

Parte da equipe da ADRA Brasil Regional Amazonas também esteve no evento.

 

A cerimônia contou também com a presença do pastor Paulo Lopes, diretor da ADRA para a América do Sul, líderes da Igreja Adventista na região noroeste do Brasil, representantes da ACNUR e do governo dos Estados Unidos, beneficiários, funcionários e voluntários da ADRA.

Postagens Recomendadas